terça-feira, 15 de julho de 2008

Animais em circo: crueldade

Por trás do riso, há sempre uma história cruel envolvendo tigres, elefantes, e outros animais em apresentações no picadeiro. A maioria deles foram tirados de seu habitat natural, e forçados a viver em ambientes minúsculos, muitas vezes com falta de higiene, sem falar na tortura que são submetidos nos treinamentos. Desde filhotes, eles são castigados, tendo suas patas queimadas se não obedecerem ao treinador, além de sofrerem outros tipos de agressões que os fazem saltar sobre anéis de fogo, montar em bicicletas ou se equilibrarem em duas patas. Passam a maior parte do tempo fechados, em jaulas um pouco maior que seu corpo, onde mal podem se movimentar, e em decorrência disso, passam a adquirir hábitos neuróticos, como a coprofagia (comer fezes), e auto-mutilação. Durante o transporte, ficam fechados durante muitas horas, muitas vezes expostos ao frio e ao calor, sem falar nos ferimentos que nunca são tratados e também a alimentação inadequada, pois geralmente gatos e cães de rua servem de alimento.
Há também os casos em que escapam do circo e saem pelas ruas, causando perigo à população e no fim das contas são mortos pela polícia. Na minha cidade por exemplo, em um dos últimos circos que estiveram se apresentando aqui, uma macaquinha fugiu e acabou sendo morta com um tiro.
Circos devem existir sim, mas sem animais. Muitas companhias de circo já tomaram consciência e deixaram de usa-los em suas atuações, dando espaço a trapezistas, malabaristas e tantos outros artistas circenses.
Faça sua parte, não visite circos com animais; eles não merecem ser maltratados para satisfazer à ganância de seus donos, e a angústia e o medo deles jamais deverá ser visto como espetáculo.

8 comentários:

Douglas Lourenço disse...

eu sou totalmente contra animais em circo ou em qualquer coisa q usem o animal para o prazer e entretenimento humano...muito legal seu blog parabéns

MAURICIO disse...

sim eu penso muito nisso e sei que pode mudar essa situação
o mais triste eh saber que as pessoas se alegra tanto sem pensar nestes animais. como em festas de bois que o povo maltratam eles soh por alguns míseros momentos de alegria

Lucas Soares disse...

É realmente uma crueldade imensa a utilização desses animais para o circo.
Me lembrei de uma vez que fui ao circo de Beto Carreiro quando estavam aqui em Olinda. Quando chegou a hora da apresentação com alguns animais, eles nem apresentaram pois tinham recebido uma denúncia de maus tratos.
Mesmo sem os animais, o espetáculo foi muito lindo. E até melhor do que com eles, pois ao menos não foi escondida nenhuma mamáscara desumana.

http://www.esperaemdeus.blogspot.com/

Lucas Soares disse...

E parabéns pelo blog. Seu trabalho é simplesmente lindo.
Amo ver pessoas assim, preocupadas com a vida desses animais indefesos.
Nunca desista deste trabalho. Parabéns!!!

Amei o seu blog...
=)

http://www.esperaemdeus.blogspot.com/

rosangela disse...

Quando se é criança acha tudo fantástico .. aqueles animais parecem ser feliz..
Mas depois vc descobre a realidade... é uma decepção..
sou contra tb.. é um completo absurdo oq fazem com os animais..
pode apostar eu não vou em circo..

abç..

Y a s h a disse...

É realmente vergonhoso algo que é motivo de risadas para tantos ter esses papeis tão covardes em um dos lados.
Aqui mesmo, na última vez que veio o circo, eles compravam gatos ou trocavam por ingressos, e com certeza eram para a alimentação.
É realmente muita crueldade, mas o ser humano é capaz de tudo.
Parabéns pelo post. beijos.


http://www.l-a-b-i-r-i-n-t-o.blogspot.com/

Thay <3 disse...

Além de tirarem os bichinhos do seu ambiente, eles ainda sao maltratados!
Eu acho isso o fim!!

Parabéns pelo blog ;)

xXx

Diógenes de Souza disse...

A realidade cruel desses animais é sentida não apenas em circos, mas em muitos outros lugares, principalmente zoológicos, os públicos e os privados. Em Sergipe, um hotel-fazenda de luxo foi acionado pela justiça no mês passado, pois, além das péssimas condições de cuidado, os animais eram expostos pelas cidades sem nenhuma preocupação com o bem-estar.

O ruim de tudo isso, é que as pessoas sempre acham tudo lindo, e pronto.